Sampaio Basquete recebe Vera Cruz Campinas em São Luís pelo bi; paulistas lutam para seguirem vivas na Final
Com melhor cenário possível, Sampaio Basquete recebe Vera Cruz Campinas em São Luís pelo bi; Monteiro ressalta ‘foco’ tricolor, enquanto Ariadna prega ‘espírito de superação’ para paulistas seguirem vivas na Final.
Foto: Álvaro Jr.

No jogo mais importante da temporada, Sampaio Basquete e Vera Cruz Campinas fazem o terceiro confronto das Finais da LBF CAIXA 2019 nesta quinta-feira (22), a partir das 19 horas (horário de Brasília), no ginásio Costa Rodrigues, na região central de São Luís (MA). A ESPN Extra e a TV NSports transmitem o duelo.

Os 2.500 ingressos para o duelo se esgotaram já nesta quarta, em apenas 30 horas. Com a torcida presente em peso nas arquibancadas, força máxima disponível e a confortável vantagem de 2 a 0 na série, o Sampaio Basquete tem o cenário perfeito para conquistar o bicampeonato nacional – repetindo o feito de 2015/16. No entanto, para Raphaella Monteiro, esses fatores positivos ficam fora de quadra. Dentro dela, humildade.

“Estamos focadas para irmos melhor do que nos primeiros jogos. O clima é o mesmo: degrau a degrau, minuto a minuto, até que a gente consiga o nosso objetivo”, comentou a ala tricolor, vencedora de 10 troféus de MVP da Partida e uma das mais eficientes de toda a temporada.

Para o Vera Cruz Campinas, nada além da vitória. A equipe terá os desfalques de Meli Gretter, que sofreu uma fratura na mão direita, e da ala Jeanne, que com suspeita de pneumonia não viajou com o grupo para o Maranhão. Apesar do cenário desfavorável, a equipe paulista ainda conta com jogadoras experientes e multicampeãs da LBF CAIXA no elenco, como Nadia, Babi, Karla e Ariadna. A cubana ressalta que as atuais campeãs estão longe de jogarem a toalha, mas precisam recuperar o basquete apresentado durante a temporada se querem seguir vivas na briga pelo título.

“O espírito do time está com uma mentalidade de superação, por todos os acontecimentos adversos de lesões das meninas e as derrotas em casa. Sabemos que não fizemos nosso melhor, mas enquanto existir uma chance de reverter a situação, vamos lutar sim. Temos consciência que precisamos resgatar o que tínhamos de melhor, o nosso jogo em conjunto; assim, poderemos impor uma defesa agressiva e ter uma leitura melhor no ataque”, disse a ala campineira, MVP da última temporada e uma das principais cestinhas da temporada, com média de 15,5 pontos por jogo.

Vitória do Vera Cruz Campinas estende a série para o jogo 4 no sábado (24, 18h), também no Costa Rodrigues – e em caso de um segundo triunfo paulista, o quinto e último jogo das Finais acontece no dia 29 (19h), em Campinas (SP).

No banco, outro duelo interessante. Responsável pela melhor defesa da temporada (55,8 pontos sofridos em média), Cristian Santander pode se tornar o segundo estrangeiro a conquistar a LBF CAIXA e também no comando do Sampaio, juntando-se à cubana Lisdeivi Pompa. Do outro lado, está Antonio Carlos Vendramini, técnico mais vitorioso da história da liga, com quatro títulos em 126 vitórias em cinco temporadas, comandante de viradas heroicas como nas finais de 2017 e 2018 e nas semifinais deste ano.

Donos das melhores campanhas da temporada, Sampaio Basquete e Vera Cruz Campinas disputam o título pelo segundo ano consecutivo. Em 2018, a equipe paulista conquistou o título após vencer a série por 3 a 2.

A CAIXA Econômica Federal é a patrocinadora oficial da Liga de Basquete Feminino, que organiza a LBF CAIXA. A competição tem a ESPN e a TV NSports como parceiros de mídia oficiais e a bola oficial da Wilson.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.