Com medida de proteção sanitária contra a COVID-19, o Toronto Raptors poderá jogar a temporada 2020-21 da NBA em Tampa Bay, nos Estados Unidos

A pandemia da COVID-19 ainda está muito presente no cenário esportivo. De volta ao Canadá após o fim da Bolha de Orlando, o Toronto Raptors não deve ficar tanto tempo em seu lar. Acontece que o governo canadense impôs restrições em relação às atividades esportivas com torcida no país.

Desta forma, a solução mais viável para a equipe seria uma nova estadia nos Estados Unidos. Dito e feito. De acordo com o jornalista do Sportnet’s, Michael Grange, a cidade de Tampa Bay (Flórida) surge como o possível destino do Raptors para a próxima temporada.

“Idealmente, o Raptors é capaz de jogar o próximo ano em Toronto,” disse Rob Higgins, diretor executivo da Comissão de Esportes de Tampa Bay em uma mensagem de e-mail. “Mas caso não seja possível, nós temos muito interesse em trabalhar para cumprir as expectativas como uma sede alternativa. Nós gostamos das primeiras conversas com a organização e estamos prontos para ajudar se necessitarem.”

Contudo, temos a concorrência de outras cidades norte-americanas. Além de Tampa Bay, Newark (Nova Jersey), Nashville (Tennessee) e Louisville (Kentucky) também são opções de sede para os campeões de 2019.

O Raptors não foi o único…

Vale lembrar que esse não é um caso isolado. Em 2005, com os efeitos do Furacão Katrina que devastaram a cidade de Nova Orleans, o até então New Orleans Hornets teve o Smoothie King Center destruído. Com isso, por duas temporadas a equipe passou a jogar em Oklahoma City, até a reconstrução do ginásio.

Quanto ao Raptors, a franquia tem até o dia primeiro de dezembro para definir sua sede, que será o início do training camp com os elencos já definidos. Sendo assim, saberemos em poucas semanas o time do Norte jogará na mesma cidade de Tom Brady e companhia.

O Área Restritiva está no YouTube, conheça o nosso canae se inscreva.

Um grupo para discutir Basquete como se estivesse em um bar? Conheça o Bar do Área!

Fique por dentro do que está acontecendo no Área em nossas redes sociais; marcamos presença no FacebookInstagram e no Twitter. Ah! Também estamos no Catarse, aqui você conhece todo o projeto do Área Restritiva.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.