Qual é o valor de uma Medalha Olímpica? Até quando vencer é o mais importante? O que é necessário ser feito para vencer?

Que tal falarmos um pouco de polêmicas?

Estamos aqui ponderando sobre o assunto desde o final da primeira fase do Basquete Masculino nos Jogos Olímpicos de Londres.

Na foto, a imagem de divulgação das medalhas olímpicas de Londres em 2012. O Peso da Medalha Olímpica!
O que você faria para ganhar uma medalha olímpica? Foto: Divulgação

Como todos sabem a seleção brasileira de basquetebol masculina, ficou em quinto lugar nos Jogos Olímpicos, após perder o primeiro jogo da segunda fase para o selecionado da Argentina, se você não sabia, peço desculpas pelo Spoiler e você pode ler um pouco sobre a campanha da seleção Masculina até o jogo contra a Argentina aqui.

Bom, o problema “não foi” perder para os Hermanos, mas sim ganhar da seleção espanhola. Estranho isso não? O problema não é perder, mas sim ganhar.

O mundo todo concorda que eles fizeram corpo mole no último quarto de jogo, se olharmos pelas parciais do jogo, podemos acreditar que algo estranho aconteceu:

Brasil 88 –      1º Quarto-17 2º Quarto-21 3º Quarto-19 4º Quarto-31
Espanha 82 – 1º Quarto-26 2º Quarto-18 3º Quarto-22 4º Quarto-16

Só que essa ótica da campanha e dessa partida em especial acaba diminuindo muito o trabalho do Brasil nos Jogos Olímpicos de Londres e até mesmo o processo para o retorno a uma edição dos Jogos Olímpicos.

Mas ainda assim essa ultima parcial, o ultimo período destoa do jogo, parciais equilibradas para um desequilíbrio no final da partida, é algo que não faz sentido algum, você não concorda?

Bom, mas o motivo desse post na verdade é discutir ou esclarecer um fato muito importante dentro de um planejamento/periodização. Não defendendo os espanhóis, quero simplesmente expôr os fatos.

Acompanhe tudo sobe as seleções brasileiras, separamos alguns textos para você.

Polêmica nos Jogos Olímpicos, entendendo a situação

Antes de mais nada precisamos pensar no que aconteceu, para entendermos se existiu mesmo o corpo mole. Mas refletindo sobre isso tudo remete ao que ocorreu com o técnico de Voleibol, Bernardinho.

Não me lembro com exatidão qual foi a competição, mas o que aconteceu foi o seguinte: a seleção brasileira de voleibol, perdeu uma partida para uma equipe técnicamente inferior aos brasileiros, não só perdeu, como mostrou um jogo muito apático e diferente do jogo de costume dos brasileiros.

Porém essa derrota, fez com que o Brasil, ficasse em uma chave “mais fácil”. Então alguns profissionais levaram essa derrota, como sendo arquitetada pelo Bernardinho para fugir então do grupo da morte e ter mais chances de sucesso na competição.

Não me recordo se ele ganhou ou não tal competição, mas também não me lembro de fãs do voleibol reclamando do Bernardinho pela derrota.

Agora voltando a falar dos espanhóis, eles estão errados?

Acho que não, mas acreditamos é claro que todos aqui iriam querer ver o Brasil provavelmente disputando o Bronze (se tivesse passado da Argentina), ou dando o mesmo trabalho para os Estados Unidos.

Por ter ganho dos espanhóis, ou que tivéssemos perdido, porque assim questões de moral e ética não estariam envolvidas no basquetebol, pelo menos não nesse sentido.

Pensando muito no que aconteceu, antes de escrever e de verdade não acho que a seleção espanhola esteja errada, caso tenha mesmo feito corpo mole.

Nessas reflexões a empatia, o se colocar no lugar do próximo vem a tona.

Leia mais sobre os Jogos Olímpicos, quem pode ganhar medalha e muito mais.

Se fosse do contrário? Se o Brasil tivesse feito o corpo mole?

Nesse caso, os brasileiros iam fazer diversas piadinhas, com o Rubén Magnano, dizendo que ele aprendeu o jeitinho brasileiro de resolver as coisas, porém ele deixou claro que isso não passou pela cabeça dele, já que disse que entra na quadra para “jogar” basquetebol e fazer de tudo para ganhar o jogo.

Mas continuamos a refletir sobre o assunto, o que nos leva a um capítulo de livro que aborda Planejamento e Periodização, o livro é o Modalidades Esportivas Coletivas, uma obra bem interessante, coordenada pelo professor Dante de Rose Junior.

O capítulo, que nos chama atenção aqui é o de número 8 – Planejamento em Esportes Coletivos, escrito pelo Carlos Eduardo Bizzocchi, ele tem uma parte do capitulo que o autor exemplifica planejamento para determinadas competições, o ponto de partida apontado pelo autor é justamente chances de classificação, ele aponta em um dos exemplo um caso muito parecido com esse, onde uma equipe tem seu planejamento para atingir o ápice da técnica na segunda fase de um torneio, assim podendo perder alguns jogos para evitar se classificar entre os primeiros evitando confronto direto com os cabeças de chave.

É basicamente o que aconteceu, ou seja, até na teoria do planejamento isso é certo, então porque julgar a Espanha, pelo que aconteceu?!

Claro que seria muito melhor disputar uma final, sem essa “mancha” no quadro de medalhas.

Mas se pensarmos em moral, a Espanha não tem nenhuma, claro que para nós brasileiros. Visto que moral é algo intrínseco e que realmente diz respeito a cada indivíduo envolvido na tarefa.

Mas se pensarmos em ética? Pensando em ética profissional, os espanhóis estão certos, afinal ser ético nem sempre é ser moral, eles buscaram o que era melhor para o seu país, que era naquele momento uma maior chance de conquista de medalhas.

Isso lembra um exemplo que os PCNs (Parâmetros Curriculares Nacionais) tem quando abordam justamente ética e moral.

“Um homem não tem dinheiro para comprar um medicamento para sua esposa no leito de morte, vai até a farmácia e rouba tal medicamento, salva a esposa e é preso”.

Para muitos ele tem uma moral enorme, já que fez algo errado para a sociedade, mas salvou a vida de alguém, mas roubar não é um ato ético e os funcionários da farmácia fizeram certo eticamente ao não vender o remédio fiado. É um exemplo que cabe muito bem nesse acontecimento.

Gostou dessa reflexão? Leia mais nas Notas do autor, nossos redatores tem a língua afiada.

Mas agora me diga você!!! Qual o Peso da Medalha Olímpica?

A Espanha fez certo? (Caso tenha realmente feito corpo mole?)

O que vocês fariam no lugar dos atletas e comissão técnica espanhola?

Pensem um pouco antes de julgar.

O Área Restritiva está no YouTube, conheça o nosso canal. Vídeos três vezes por semana.

Fiquem por dentro do que está acontecendo no Área em nossas redes sociais, marcamos presença no FacebookInstagram e no Twitter.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.