A rodada da WNBA dessa quarta-feira (02) na WNBA foi mascarada pela marca histórica de Damiris Dantas, conquistando mais uma vitória para o Minnesota Lynx. Confira o resumo das partidas de ontem:

Minnesota Lynx 86 x 83 Chicago Sky 

Uma noite especial para o brasileiro (a) que acompanhava a emocionante partida entre Minnesota Lynx e Chicago Sky. A ala/pivô Damiris Dantas foi a grande estrela da partida. Com 28 pontos, ela fez a maior pontuação de sua carreira da WNBA, foi a cestinha do jogo e fundamental na vitória do Lynx pelo placar de 86 a 83.

E tem mais, Damiris terminou o jogo com 100% de aproveitamento na linha de 3 pontos (5-5), 10 de 13 nos field goals e recuperou sete rebotes. Esta atuação a candidata ainda mais como favorita ao prêmio de jogadora que mais evoluiu na temporada.

Já conhece o canal do Área Restritiva no Youtube? Clique e se inscreva!

A noite de gala de Damiris entrou para a história como a terceira melhor marca de uma brasileira na WNBA. Na ‘W’, Iziane Marques fez 32 pontos em 2010 e Janeth Arcain marcou 29 pontos em 2001. 

Para completar atuação impecável, a camisa 12 agora é a estrangeira com maior pontuação em toda a história do Minnesota Lynx. Damiris passou Svetlana Abrosimova que havia feito 27 pontos em duas oportunidades.

No primeiro quarto, marcou os primeiros oito pontos do jogo e, embora o Lynx tivesse apenas uma vantagem de 28-24 no final do período, eles manteriam a liderança pelos próximos três quartos e meio.

O Lynx começou o terceiro quarto em chamas, marcando nas primeiras cinco posses do segundo tempo para subir 62 a 44. Parecia que Minnesota estava a caminho de transformar o jogo em uma explosão. Mas tão rapidamente quanto o Lynx esquentou, esfriaram.

Minnesota teve uma cesta nos próximos cinco minutos e meio, enquanto o Chicago – atrás de nove pontos de Vandersloot – reduzia a vantagem do Lynx para dois pontos. Algumas cestas no final do quarto aumentaram a vantagem do Minnesota para oito pontos, indo para o quadro final.

No último período, o Chicago Sky cortou a diferença para um ponto virando o jogo, passando a frente pela primeira vez. Faltando 40 segundos para o fim da partida, a diferença era de quatro pontos a favor do Lynx, quando Damiris cometeu falta. A vantagem caiu para dois e a emoção foi até o último segundo. O Sky roubou a bola, mas o Lynx roubou de volta e conseguiu decretar a vitória.

A segunda maior pontuadora de sua equipe do Lynx foi Crystal Dangerfield com 15 pontos, enquanto a cestinha do Chicago, Allie Kigley marcou 23. Com a vitória, Minnesota Lynx chega a 12 vitórias em 17 jogos e segue na quarta colocação, garantido nos playoffs pela 10ª vez consecutiva. O Chicago Sky conhece sua sétima derrota em 18 jogos, mas se mantém na quinta colocação e classificado para os playoffs. 

Los Angeles Sparks 91 x 83 Dallas Wings

Candace Parker fez um duplo-duplo com 22 pontos, 10 rebotes e seis assistências quando o Los Angeles Sparks (13-4) derrotou o Dallas Wings (6-11) por 91 a 83. Dallas está tentando conquistar  a última vaga do playoffs.

Os Wings dispararam à distância convertendo bolas de três pontos no primeiro quarto, com uma bola de Katie Lou Samuelson no último minuto Dallas estabeleceu uma vantagem de 23-17.

O Sparks perdia por até nove pontos no segundo quarto, mas arrancou uma sequência de 15-2 para assumir a liderança até o fim da partida. Os dois lances livres de Parker coroaram um quarto de 31 pontos para sua equipe, que tiveram uma vantagem de 48-39 para o intervalo.

Los Angeles estava prestes perder  o terceiro quarto, mas uma vela jogada de Parker aumentou a vantagem para 67-49. No entanto, os Wings se separaram e fecharam dentro de 72-62 indo para o quarto final.

Parker alimentou Ruffin-Pratt para uma bandeja com 3:44 para o fim do jogo, dando Los Angeles uma vantagem de 83-73. Dallas reduziu o déficit para 85-81 quando Ogunbowale perfurou uma cesta de três pontos com 1:11 restantes, mas virou a bola em sua falta ofensiva com uma chance de empatar com uma posse de bola. A camisa 3 do Sparks encerrou o jogo acertando três dos quatro tiros de falta nos últimos 30 segundos.

Brittney Sykes somou 19 pontos, enquanto Chelsea Gray marcou 16 e Tierra Ruffin-Pratt 10 pontos para Sparks. A líder da pontuação da WNBA, Arike Ogunbowale, liderou o Dallas com 17 pontos,

Washington Mystics 64 x 71 Seattle Storm

Classificado aos playoffs, o lider Seattle Storm venceu o atual campeão da WNBA, Washington Mystics (4-12),  por 71 a 64. Seattle (14-3) permanece um jogo à frente do segundo colocado Los Angeles (13-4).

A dupla de defesa do Storm, formada por  Jewell Loyd  e  Sue Bird,  começou um perfeito 5 de 5 no primeiro quarto, com 13 pontos combinados. Depois de um período, Seattle estava atirando em 60% do arremessos, enquanto mantinha os Mystics em menos de 40% e liderava por 26-17.

No segundo quarto, o Storm foi capaz de manter a defesa, com o Mystics pinruanfo apenas 34,2 para o intervalo, mas acertou apenas quatro chutes em um quadro ofensivo difícil. Ambas as equipes marcaram menos de 15 pontos e o Storm liderou por apenas oito no intervalo.

No terceiro quarto, Seattle encontrou seu ritmo novamente com Howard e Loyd liderando a equipe até o último quarto para conquistar  14ª  vitória na temporada. Pelo Storm, Breanna Stewart anotou 16 pontos e 14 rebotes, Natasha Howard teve 13 pontos e nove rebotes e Jewell Loyd fez 13 pontos. Em seu retorno, Sue Bird marcou nove pontos.

Pelo Mystics, Emma Meesseman marcou 17 pontos , Jacki Gemelos e Tianna Hawkins 10 pontos cada uma. A equipe permanece fora das oito primeiras que avançam para os playoffs.

Agenda do Dia WNBA 

20h – Atlanta Dream x New York Liberty, League Pass
21h – Las Vegas Aces x Connecticut Sun, Twitter/WNBA
23h – Indiana Fever x Phoenix Mercury, Facebook/WNBA

O Área Restritiva está no YouTube, conheça o nosso canae se inscreva.

Já imaginou um grupo para discutir Basquete como se estivesse em um bar? Conheça o Bar do Área!

Fique por dentro do que está acontecendo no Área em nossas redes sociais; marcamos presença no FacebookInstagram e no Twitter. Ah! Também estamos no Catarse, aqui você conhece todo o projeto do Área Restritiva.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.