A conquista do título reune uma série de coincidências. A numerologia que envolve o Lakers, LeBron James e Kobe Bryant

A temporada 2019/20 da NBA acabou e entre asteriscos ou não, o Lakers é campeão da NBA, LeBron James MVP das finais e a franquia da California conquista o seu décimo sétimo título da NBA. Somando a essa conquista um tom um tanto quanto poético e que merece ser destacado, a Jeannie Buss é a primeira mulher a ser campeã da NBA, como proprietária de uma franquia.

Esse texto ainda não é sobre a Jeannie Buss que vamos falar aqui (vai ficar para outro texto). Vamos falar da numerologia que envolve o Los Angeles Lakers, calma também vamos falar do Rajon Rondo, só que não nesse texto.

Já conhece o canal do Área Restritiva no Youtube? Clique e se inscreva

A campanha do LA Lakers definitivamente era uma campanha de altos e de sonhar alto, a franquia corria na trilha de ter a melhor campanha da temporada regular, não só do Oeste. Foi impedida de conseguir isso com o coronavirus, que também trouxe diversos questionamentos sobre o Lakers DV (depois do Covid).

Mas precisamos lembrar que no Basquetebol tudo é motivação e o Lakers contava com um fator que nenhuma franquia contava e esse fator não era o poder de desequilíbrio da dupla LeBron James e Anthony Davis. A motivação veio pela morte de Kobe Bryant e o Lakers queria honrar Kobe de alguma maneira.

Será que o LA Lakers e LeBron James acreditam em numerologia?
As coincidências assustam, corrida de MVP, campanha e até o número de temporadas. Foto: Reprodução/Instagram LeBron James

A numerologia de LeBron James e o Kobe Bryant

Ninguém sabe o quão supersticioso LeBron James é, ou qualquer pessoa do elenco angelino. Porém as coincidências numéricas entre LeBron James e Kobe Bryant em relação ao Lakers, podem assustar em um primeiro momento.

Podemos começar falando da campanha dos dois e o prêmio de MVP. No ano do décimo-quinto título do Lakers (2009), Kobe Bryant que havia sido MVP na temporada anterior, era considerado um dos melhores jogadores da NBA e cotado ao Back-to-Back MVP. Porém esse “favoritismo” foi ofuscado por uma jovem estrela, seu nome: LeBron James.

O mesmo aconteceu com o LeBron James e a corrida de MVP na temporada 2019/20, inegavelmente a melhor temporada da carreira de LeBron James, com números superiores aos seus anos de campeão no Miami Heat e no Cleveland Cavaliers. Isso não foi o suficiente para o MVP da temporada regular que ficou com o Giannis Antetokounmpo.

Sem MVP, tem as coincidências da campanha de Campeão da NBA

Independente das discussões sobre o MVP, o Basquete é um jogo que não dá para se lamentar e dito isso, LeBron e Kobe colocaram o Lakers nos Playoffs da NBA, como favoritos contestados.

Se na pós-temporada 2008/2009 do Lakers de Kobe, os holofotes estavam divididos entre Denver Nuggets, Portland Trail Blazers e Houston Rockets no Oeste, do lado Leste o Lakers acompanhava as campanhas do Miami Heat, Boston Celtics e do Orlando Magic.

Em 2019/20 o Lakers de LeBron, acompanhou a versão 2.0 do Portland Trail Blazers, o smallball do Houston Rockets e a desabrochar do Jamal Murray de um lado, enquanto do outro lado da NBA, Boston Celtics, Toronto Raptors e o Miami Heat.

LeBron James, conquista o seu quarto título da NBA e o MVP das finais
MVP das finais, no ano em que conquista o seu quarto título da NBA, coincidência? É tudo uma questão de numerologia. Foto: Mike Ehrmann/Getty Images
Caro leitor, você está sentado? As coincidências podem assustar!

Em 2008/09 o Los Angeles Lakers, classificado com a melhor campanha do Oeste e a segunda melhor da NBA, venceu o Houston Rockets na segunda rodada dos playoffs (semifinais), e o Denver Nuggets nas finais de conferência. Nas finais da NBA enfrentou o Orlando Magic (franquia da Flórida), conquistando o título da NBA em Orlando.

Em 2019/20 o Los Angeles Lakers, classificado com a melhor campanha do Oeste e a segunda melhor da NBA, venceu o Houston Rockets na segunda rodada dos playoffs (semifinais), e o Denver Nuggets nas finais de conferência. Nas finais da NBA enfrentou o Miami Heat (franquia da Flórida), conquistando o título da NBA em Orlando (na NBA Bubble).

Não só isso, em 2009 Kobe Bryant, o Franchise Player do Lakers foi o MVP das finais e conquistou o seu quarto título da NBA. Em 2020, LeBron James, o Franchise Player do Lakers foi o MVP das finais e conquistou o seu quarto título da NBA. Os dois também foram seleção da NBA nos anos de campeão.

Kobe Bryant MVP das finais da NBA, no ano em que conquista seu quarto título da carreira.
Kobe Bryant, perde o MVP da temporada para LeBron James, mas fica com o MVP das finais. Foto: Divulgação/NBAE

As coincidências do LeBron James no Los Angeles Lakers

Não poderiam ser somente essas coincidências certo? Tem que ter mais numerologia envolvida com a campanha de LeBron James no Los Angeles Lakers campeão.

Começando com coisas simples, a ultima vez que o Lakers teve dois jogadores titulares no NBA All-Star Game, o Lakers teve um armador e um pivô, Kobe Bryant e Dwight Howard. Na temporada 2019/20 a LakerNation viu LeBron James e Anthony Davis disputarem um NBA All-Star Game juntos.

A coincidência entre LeBron e o Lakers, é o número 17 e não estamos falando do partido do nosso atual presidente, estamos falando do décimo sétimo título do Lakers com a décima sétima temporada de LeBron James na NBA.

O décimo sétimo título do LA Lakers foi conquistado na décima sétima temporada de LeBron e esse é o toque poético que queremos fechar esse texto. Sobre o Rondo e a Jeannie, vamos falar nos próximos textos.

O Área Restritiva está no YouTube, conheça o nosso canae se inscreva.

Um grupo para discutir Basquete como se estivesse em um bar? Conheça o Bar do Área!

Fique por dentro do que está acontecendo no Área em nossas redes sociais; marcamos presença no FacebookInstagram e no Twitter. Ah! Também estamos no Catarse, aqui você conhece todo o projeto do Área Restritiva.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.